top of page

5 maneiras de tornar a transição para a vida sem glúten mais fácil | séries nutrichef

dia 02: panqueca de aveia com trigo sarraceno

Quando se é novo na dieta sem glúten, ou se tem um membro da família que acabou de ser diagnosticado, mudar alimentos básicos ou transformá-los para um versão glúten free pode parecer assustador. Ninguém gosta de uma mudança que lhe obrigue a desistir de algo que gosta, mas encorajo você a mudar a chave, aprendendo a fazer boas escolhas.


Para mudar essa chave, comece lembrando que uma vida sem glúten significa mais variedade. Se antes você só consumia trigo, agora tem uma gama muito maior de ingredientes que poderá usar. Mas, sabemos que os obstáculos estão longe de ser apenas na cozinha. Portanto, trago aqui algumas dicas úteis que podem facilitar a vida de todos os envolvidos nessa transição!


Tenha sempre uma resposta pronta para perguntas inconvenientes!

Esteja preparado para a pergunta inevitável. "Mas, por que você não está consumindo glúten, afinal?". É comum surgir esse tipo de pergunta e outras bem piores. Quando você muda a forma como come, as pessoas percebem. Tente ser paciente e simplesmente explique os fatos. O glúten é uma proteína encontrada em muitos grãos, principalmente trigo, cevada, centeio e aveia por contaminação. Então, quando alguém lhe perguntar por que não pode comer os salgadinhos da festa, você pode explicar que contêm glúten e seu sistema digestivo simplesmente não reage bem a presença de glúten. Se você tem doença celíaca, pode acrescentar que tem uma reação imune ao glúten que causa inflamação intestinal e pode lhe deixar seriamente doente. Ser capaz de falar rapidamente o quê e por que, torna mais fácil mudar a conversa para algo mais interessante do que sua dieta!


Transforme os novos hábitos em algo divertido!

Testar receitas e/ou produtos e desafiar o paladar de familiares e amigos pode ser muito divertido. Escolha uma ocasião perfeita para testar uma receita de bolo ou experimentar um novo prato sem glúten no seu restaurante favorito e eleja seus convidados para essa aventura. Hoje, temos tantas opções nos mercados, que se você não estiver a fim de cozinhar algo muito elaborado, fazer uma massa caprichada pode ser uma boa opção. Esta experiência interativa com familiares ou amigos (das compras à cozinha) envolve todos e é a maneira perfeita para você não se sentir tão isolado, especialmente quando entendemos que comida sem glúten pode ser tão saborosa quanto as tradicionais! Portanto, reúna as pessoas que você ama e proponha o desafio.


Dica NutriChef: antes de comprar seus ingredientes ou escolher uma receita, dê uma olhada nos nossos ebooks que podem lhe oferecer uma quantidade incrível de receitas e você terá menos trabalho e muito mais receitas gostosas. Clique na imagem abaixo.


Conheça as formas de substituição

Fazer uma lista de trocas fáceis e estocar na despensa é uma maneira fácil de eliminar um trabalho extra nessa transição. Sejam ingredientes simples como temperos ou coco aminos no lugar do molho de soja tradicional (shoyo), ou outros mais elaborado como farinhas prontas para panquecas e bolos, ter a despensa abastecida ajudará na elaboração de pratos e preparos seguros.


Café da manhã com panquecas? É super possível! Para todas as suas necessidades diárias temos opções sem glúten, há recursos em abundância, e estar preparado é metade do desafio. Aprenda os truques e cozinhe para o seu bem-estar! Veja receita deliciosa que coloquei abaixo.


Planeje as refeições dentro e fora de casa!

Mesmo que você tenha costume de ir à restaurantes especializados ou prefira preparar uma refeição em casa, tudo depende do que está no menu. Se sua família está acostumada a noites de pizza regularmente, descubra como fazer a melhor versão sem glúten ou qual estabelecimento na cidade lhe dá essa opção livre de glúten.


Se decidir ir a um restaurante, acesse a internet para verificar quais são as opções e notifique-as sobre a sensibilidade e esclareça sobre a contaminação cruzada. Na dúvida, prefira locais certificados e se você se sentir bem, encomende um kit e leve para comer com seus amigos no ambiente que eles escolherem e que não tem opções para você.


Abrace a mudança

Uma dieta verdadeiramente "restrita" é aquela que não inclui todos os vegetais, frutas, carboidratos, gorduras boas e proteínas disponíveis. Pense na mesa sem glúten como uma oportunidade de criatividade, sem abrir mão do seu amor pela boa mesa e por comida gostosa. E falando nisso, trouxe uma receita de panqueca que é uma das minhas favoritas quando quero algo prático e que traga saciedade. Veja logo abaixo.


Panqueca de aveia com trigo sarraceno

INGREDIENTES:

medidas caseiras: xícara de 240ml, colher de sopa de 15ml, colher de chá de 5ml

faz 6 unidades

  • ½ xícara de chá de farinha de aveia sem glúten (se for sensível à aveia, troque por farinha de arroz integral)

  • ¾ xícara de chá de farinha de trigo sarraceno ou grão de bico

  • 1 colher de sopa de farinha de linhaça

  • 1 pitada generosa de sal

  • 1 xícara de chá de purê de maçã sem açúcar

  • ¾ xícara de chá leite vegetal

  • 2 colheres de sopa de mel ou melado de cana

  • 1 colher de chá de fermento em pó

  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

  • 2 colheres de chá de suco de limão

  • 1 colher de chá de extrato de baunilha

  • Opções para servir: bananas fatiadas, gomos de tangerina, sementes de girassol e avelãs

MODO DE PREPARO:

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até ficar homogêneo. Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo médio a alto e, quando estiver quente, despeje uma concha cheia de massa no centro da frigideira. Espalhe em um círculo com as costas de uma colher molhada, mas mantendo a altura da panqueca. Deixe dourar de uma lado por 2 a 3 minutos. Deslize uma espátula por baixo da panqueca, vire-a e cozinhe por mais 2 a 3 minutos antes de removê-la da panela. Coloque em um prato quente e cubra com um pano de prato. Repita até esgotar toda a massa. Sirva como preferir.

901 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page