detox e suco verde

Atualizado: 7 de nov. de 2019

Com certeza você já ouviu falar em DETOX e na importância de facilitar a eliminação de toxinas do nosso corpo, consumindo os alimentos adequados. Mas como funciona?


Detoxificação

A alimentação e a detoxificação estão inteiramente ligadas. Uma alimentação saudável fornece fitoquímicos, fibras, aminoácidos e diversos outros nutrientes que eliminam toxinas e as substâncias produzidas pelo organismo durante o seu metabolismo.

As maiores fontes de toxinas da dieta são os resíduos químicos de pesticidas, solventes, herbicidas, aditivos alimentares, metais pesados, e as gorduras trans. O sistema de detoxificação também nos livra de fungos, bactérias, drogas e hormônios produzidos em excesso pelo organismo e de substâncias tóxicas que se acumulam no tecido adiposo.


Os alimentos industrializados, por sua vez, tem baixa qualidade nutricional e alta quantidade de adoçantes artificiais, corantes, acidulantes, conservantes, entre outros, e quando consumidos em grandes quantidades é como nosso organismo ficasse saturado de tal substância e não reconhecesse o excesso do mesmo.


Há ainda outros fatores que aumentam o caráter tóxico do nosso organismo: jejum, dietas de baixa caloria e qualidade nutricional, dietas pobre em proteínas, deficiência de vitaminas e minerais, dietas ricas em carboidratos e gorduras saturadas, cigarro, álcool e alimentos ricos em adoçantes. Esses agentes tóxicos migram para as proteínas, DNA e lipídeos do nosso corpo e podem desencadear fadiga crônica, dores musculares ou doenças hepáticas, renais, endócrinas, imunológicas, neurológicas e inclusive câncer.

Os sintomas mais comuns da intoxicação são: ansiedade, tonturas, déficit de memória, concentração ruim, fadiga excessiva, queda de cabelos, unhas fracas, celulite, colesterol alterado, dores de cabeça/enxaqueca, desordens tireoidianas, dificuldade para emagrecimento entre outros sintomas/doenças. É importante lembrar de sempre consultar um profissional capacitado para ter certeza e avaliar a origem do seu problema e seus possíveis sintomas.


A detoxificação é feita no nosso corpo pela pele, pulmões, rins, intestino e principalmente pelo fígado. A capacidade funcional para metabolizar e excretar esses compostos varia de pessoa para pessoa. No entanto, uma detoxificação eficiente necessita de nutrientes adequados presentes principalmente nas frutas e nos vegetais, dai a importância fundamental do suco verde nesse processo.


Alimentação e a detoxificação


O principal objetivo da desintoxicação é equilibrar o organismo e o emagrecimento vem como consequência. E lembre-se que: passar alguns dias à base de líquido ou sucos cítricos não é desintoxicar!


Um plano alimentar detox tem duração de três semanas ou um mês, com cardápios ricos em frutas e verduras orgânicas e nutrientes que potencializam a produção de enzimas no fígado, como vegetais brássicos (couve- flor, brócolis, couve, repolho) e ervas e especiais como orégano, gengibre, páprica, curry, canela e alecrim. A ingestão de água é fundamental e indispensável, já que é ela que é responsável por transportar as toxinas que serão eliminadas pelo corpo através da urina.


Em um plano detox, mantenha-se longe de corantes, conservantes artificiais, agrotóxicos e fertilizantes químicos. Eles estão presentes em muitos alimentos e são os principais fornecedores de toxinas que se acumulam no organismo. Algumas dessas fontes são: refrigerantes, doce e açúcar branco, adoçante artificial, café e chá preto em excesso, carne vermelha e embutidos (bacon, linguiça, salame), pimenta-do-reino, sal, gordura saturada (margarina, biscoitos, sorvetes) e frituras.

Prefira sempre os ingredientes sem agrotóxicos e não industrializados, além de alimentos ricos em fibras e nutrientes essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico (vitaminas do complexo B, magnésio, zinco, selênio e aminoácidos, entre outros). E vale lembrar que essas são medidas importantes não apenas durante o processo de desintoxicação, mas constantemente em sua alimentação. Consuma frequentemente: vegetais orgânicos (crus e cozidos), frutas frescas e secas, cereais integrais ricos em fibra, grãos (feijão, ervilha, lentilha), sementes (amêndoas, nozes, linhaça, soja) e peixes.


Suco verde ou detox

A razão de preparar e ingerir sucos verdes está na quantidade de vitaminas e minerais concentrados numa única dose. Reunimos abaixo informações importantes para você preparar um delicioso suco verde.