esse tal de coco aminos

Shoyo feito de coco é isso tudo mesmo que fala?


Gente, vocês não imaginam a dificuldade que tive para encontrar informações precisas e de qualidade para trazer para vocês acerca desse tal de Coco Aminos. Confesso que comprei a primeira vez ano passado e decidi experimentar por se tratar de uma novidade, e como Nutricionista e Chef de Cozinha tenho que estar sempre antenada aos produtos do momento. Somado a isso, tem a questão de não poder abusar de produtos derivados de soja, o que depois conto com mais detalhes. Ao provar me surpreendi com o sabor, mas com minha rotina meio atribulada na época em que comprei, não me preocupei muito em ir atrás de saber por que de fato era tão maravilhoso assim e todos estavam consumindo. Pois bem, como decidi criar um novo blog e me conectar mais com os alunos e clientes através desse espaço aqui, decidi pesquisar a fundo sobre o coco aminos e fiquei espantada por achar informações tão superficiais. Pesquisei por artigos cientícos também e não achei absolutamente nada de concreto. No entato, as informações que encontrei podem nos ajudar a solucionar o mistério que está por trás desse queridinho.


Aparentemente, a maioria dos textos em português são uma cópia fiel de alguma espécie de release que a marca Copra, que lançou mais recentemente o produto, mandou para blogueiros e sites de alimentação saudável e estilo de vida. Nesses textos o que encontrei foi que o coco aminos é um líquido obtido através da fermentação da seiva da flor do coqueiro ou do coco (não ficou muito claro). Na sua composição, encontra-se apenas o líquido resultante dessa fermentação e sal. Tanto a Copra quanto a Big Tree Farm (imagem) não usam conservante, corantes e etc. O que já nos livra do tal corante caramelo presente na maioria dos shoyos derivados da soja. Até agora, ponto para o coco. Outro fator importante que observei nas duas marcas é que não possui glúten, que muitas vezes está presentes nos molhos de soja. Olha, mais uma vantagem, para quem não pode ou não quer consumir glúten.


Mas, e quanto a parte nutricional? A parte que mais importa, mesmo? Cadê?


Na minha pequisa, descobri que o como aminos tem 17 tipos de aminoácidos, 14 vezes mais do que o shoyo. Mas, quais são esses aminoácidos não achei em canto nenhum. A gente pode até concluir que são os mesmo do coco, mas pense bem, se é feito da seiva da flor e sofre fermentação pode ser que não sejam os mesmos, neam? Outro fator destacado em todos os sites que pesquisei é que possui vitamina C e B (quais?). #assimnãodápratedefender. Por que, veja, se passa por fermentação e esse processo sofre alguma alteração de temperatura podemos perder essas vitaminas.


Então, meus queridos, apesar da pouca informação o que posso dizer é que as vantagens apresentadas quanto a não ter soja, glúten, conservantes e corantes, já vale o consumo. E portanto, tenha na sua cozinha.


Você encontra hoje as seguintes marcas:


FILÉ MIGNON COM COGUMELOS SALTEADOS E COCO AMINOS


Ingredientes:

  • 1 colher de chá de mostarda em grãos

  • 5 cogumelos Paris frescos fatiados

  • 2 colheres de sopa de cebola picada

  • 2 escalopes de filé mignon

  • tomilho fresco a gosto

  • 1/4 de xícara de chá de coco aminos

  • Sal, azeite e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Para cortar o filé em escalope, compre uma peça inteira já limpe e corte fatias de dois dedos (finos) de largura. A dica é guardar os filés porcionados na quantidade que você irá consumir e congelar para uso posterior. Depois de cortado, tempere os escalopes com sal e pimenta do reino. Reserve. Aqueça uma frigideira em fogo baixo e quando estiver bem quente, acrescente um fio de azeite e grelhe a carne deixando dourar de um lado para depois virar e dourar do outro. Em seguida, retire a carne da frigideira e apague o fogo. Com a frigideira ainda quente, coloque um pouco mais de azeite e doure as fatias de cogumelos e a cebola, acenda o fogo novamente e deixe dourar. Quando a cebola estiver bem dourada, acrescente o coco aminos, a mostarda e o tomilho. Deixe ferver esfregando bem o fundo da frigideira para liberar o sabor e apurar. Sirva sobre os filés.


Para outras orientações nutricionais e elaboração de um plano alimentar individualizado de acordo com as suas necessidades, marque a sua consulta: 61 9 98220051 ou contato@nutrichefbrasilia.com.br

0 visualização