você sabota a sua perda de peso?

Atualizado: 19 de Nov de 2019

Perder peso é mais complexo do que apenas diminuir a ingestão de alimentos. Por isso, algumas pessoas não conseguem ver resultados, mesmo seguindo uma dieta adequada. Alguns alertas são importantes para deixá-lo atento a atitudes que tomamos durante o dia e que podem minar a perda de peso. Uma delas é a auto-sabotagem que passa silenciosa dia após dia sem que você reconheça. Listamos abaixo algumas das sabotagens mais comuns que costumamos fazer sem perceber e que acabam adiando um processo saudável de mudança de hábito e perda de peso.

Veja as dicas que podem ajudar você a descobrir o que anda fazendo de errado.


1.Comer poucas calorias:


É comum começar uma dieta e pensar que cortando mais calorias a perda de peso acontecerá mais rápido. No entanto, quando tentamos manter uma dieta com baixas calorias, vez ou outra comemos alimentos mais calóricos. E, se isso aconteceu em um dia e vimos que o peso se manteve, a tendência é exagerar de forma progressiva e acabar por desistir da dieta. Além disso, o corte radical de calorias pode desacelerar o metabolismo. Um estudo feito pela Faculdade de Medicina de Baylor em Houston, nos Estados Unidos, afirmou que uma dieta para perda de peso não deve conter menos que 1200kcal para mulheres e 1500kcal para homens diariamente, salvo em casos particulares de obesidade. Os resultados se mostraram satisfatórios, com perda de peso significativa nos indivíduos avaliados no estudo.

2.Proibir alimentos:


Diga a si mesmo que não vai mais comer um determinado alimento e a tentação para comê-lo será ainda maior. Para emagrecer, a dieta deve ser rica e conter alimentos de todos os grupos, quanto mais variada, mais nutrientes serão ingeridos. O que deve acontecer quando se está em um processo de mudança de hábitos é moderação no consumo de alimentos com excesso de calorias, como doces, refrigerantes, fast-foods, etc. E deixe para ingerir os alimentos que mais gosta eventualmente, permitindo a perda de peso que você deseja e lhe garantindo o prazer de comer.


3.Pular refeições:


Um plano alimentar bem feito relaciona todas as refeições que devem ser feitas no dia. Pelo menos 5 refeições por dia são ideais para suprir as necessidades do corpo e manter o metabolismo ativo durante o dia. Isso significa que pular refeições não auxilia na sua perda de peso e sim contribui para desaceleração do metabolismo e com isso o ganho de peso. O café da manhã está dentre as refeições que as pessoas deixam de fazer com mais freqüência, e o dano é dos piores, veja nesse artigo todas as informações sobre a importância do desjejum. Hoje, fala-se muito sobre jejum intermitente, mas para fazê-lo é importante seguir uma dieta adequada e com o auxílio de um Nutricionista.


4.Perdi peso e posso abusar:


Quando perdemos algum peso por meio de uma dieta muito restritiva fica fácil “escapar” e aumentar o consumo de alimentos principalmente daquelas calorias vazias que encontramos em fast-foods, bebidas açucaradas e doces. Uma forma disso não acontecer é buscar uma dieta adequada ao seu biotipo, com auxílio de um profissional que irá ajudá-lo a mudar hábitos.

5.Exagero nos finais de semana:


Os fins de semana podem significar uma folga para repor as energias, fazer o que se gosta e relaxar, mas não pode ser usado como escapatória para dar um tempo na dieta. Afinal, se pensarmos bem, os fins de semana correspondem a mais de um quarto do mês - o que é tempo demais para ficar distante da sua mudança de hábitos. Aproveite o fim de semana para consolidar as mudanças que você vem alcançando e disponha mais tempo para cozinhar e preparar receitas novas com ingredientes frescos e saudáveis. Isso não significa que eventos familiares e/ou com os amigos precisam ser evitados. Saia, se divirta, mas pense principalmente no que e no quanto você está comendo. Sair da dieta, de vez em quando, é normal e saudável, mas não exagere na frequência.


6.Pequenas porções de guloseimas:


Quando começamos um processo de mudança de hábitos, muitas vezes nos vemos tentados a consumir pequenas porções de guloseimas que nos são oferecidas ou que estão disponíveis com certa facilidade. Quando isso acontece, pensamos logo em comer só um pedacinho que não terá resultados catastróficos na sua perda de peso. Até aí, tudo bem! Porém, o que era um pequeno brigadeiro num dia vira um pedaço de bolo de chocolate no outro, e duas ou três pequenas guloseimas por dia nos dias seguintes. Apesar de você achar que essas pequenas porções não interferem, com o tempo o velho hábito retorna e você deixa para trás o que vem alcançando. Além disso, essas guloseimas são ricas em calorias vazias que oferecem, dentre outras coisas, gordura em excesso para o seu corpo, resultando em uma queda na perda de peso.


Por isso é tão importante procurar um profissional para lhe ajudar nas mudanças e tornar o seu processo de perda de peso e mudanças de hábitos mais saudável e duradouro.


Para outras orientações nutricionais e elaboração de um plano alimentar individualizado de acordo com as suas necessidades, marque a sua consulta: 61 9 98220051 ou contato@nutrichefbrasilia.com.br

0 visualização